quinta-feira, fevereiro 09, 2006

Tire as crianças da sala!

Primeiramente, mas não em primeiro lugar, queria desculpar-me às putas por ter demorado a servir de minha maçuda carne, enquanto isso estava engajado em fazer sala a uma tia, à Sra. Mesquita e a realizar suas infinitas viagens a médicos. "Tua mãe vai mal-de-saúde" Não, é que em Porto Velho não há geriatra, por exemplo. E mamãe está fazendo mais um aniversário rumo aos 50.

Não obstante, minha prima mais nova -- Ana Vitória -- veio também. Fiquei observando-a, enquanto ela assistia TV. "Pedofilia!" Não, não sou, estava apenas tentando entendê-la como criança. Sempre achei que crianças inteligentes serão adolescentes brilhantes, ignoro as bonitinhas (que todos paparicam). Beleza não põe mesa.

Aliás, eu era esquisito quando criança. Em casa, com a TV a cabo só era possível de assistir às propagandas políticas no SBT e, sendo assim, de São Paulo. Eu, por exemplo, achava as medidas do então candidato Celso Pitta -- cujo padrinho era Paulo Maluf -- as melhores. O Fura Fila -- cuja musiquinha eleitoral era: "Chega de sofrimento de tanta demora, ele chega na hora, ele chega na hora! Pega, vai e volta, sem saber aonde vai, Fura-Fila!" -- espécie de monotrilho-TGV que desafogaria o trânsito da capital paulista, era o meu preferido. Eu já até imaginava indo ao Parque da Mônica no Fura Fila, passando a uma centena de quilômetros sobre a cidade; e as pessoas felizes pois estavam conseguindo chegar ao trabalho rápido; eu tinha 11 anos. Pitta foi eleito para minha felicidade. Eu passei a acompanhar os jornais em busca de informações sobre a construção do Fura-Fila, só achei denúncias de superfaturamento do pequeno trecho que levava o nada a lugar algum, a política malufista do "Rouba, mas faz". Foi minha primeira desilusão eleitoral. Passei a desconfiar de projetos TGVistas...

"Olha, Filipe, o Camarinha pretende implantar um projeto..." Tira, Ana, tira. Propagandas políticas não são para crianças!

Propagandas políticas se iniciam no final desse mês, os partidos não poderão fazer propaganda de seus candidatos. Se bem que, com certeza, apresentarão nomes.

José Wilker como JK parece o Coringa. E Coringa é um bom exemplo de político, ã?

Filipux

9 comentários:

Genebra e as Cinco Prostitutas disse...

Mateus, por alguns dinheiros comprei First Impressions Of Earth. Em Marília não havia, aproveitei que estava deixando meu pai em São José do Rio Preto, procurei e achei. Vale a pena principalmente por causa do encarte.

Filipux em um auto-pagamento.

Genebra e as Cinco Prostitutas disse...

Eu ia entrar pra atualizar...
Ainda bem que não foi preciso.

Aqui em Rondônia, horário político é motivo de chacota. As pessoas assistem - quando assistem - e riem. Já ri de algumas peças.

E agora vão tornar JK o milagreiro oficial do Brasil... O símbolo da dignidade e o ícone da boa conduta.

E o ano é de copa do mundo. Panis et circensis nesse povo, minha gente!!

Alfaia

Anônimo disse...

"Panis et circensis" sim! Não havia pensado nisso.

Dê pão e futebol.

Enfim tive de volta a impressão de ler e apreciar a boa carne do Pux. Grande Puta paga.

É, no meu caso também, horário político = boas horas de risada, e só.

(Pux, tenha que repensar ainda, para voltar a comprar um CD, por qualquer que seja).

Borba

Thiago C. G, disse...

Uh?

renata disse...

Quem lembra das campanhas do Heavy Ney?????

joão disse...

interessante o texto.

achei apenas que foge um pouco do que fala, mas de muita qualidade.

ALF O Extasiado disse...

politicagem nunca foi uma coisa que me atraísse, embora esse ano não possa fugir disso, e tristezas a parte, também acho que o horario politico seja algo bizonho, cômico e às vezes satírico. Quando (raro) assisto também dou boas risadas.

mas só isso.


ALF

Anônimo disse...

É isso.
Horário político é (com certeza) mais engraçado que Zorra Total.



Borba

Caio P. disse...

Filipe, ninguém pode te acusar de pedofilia.Eu procurei em um bom dicionário e dizia assim:
Pedófilo:amigo de crianças.

Só tinha isso escrito...

curti pra caramba seu texto, ,que me fez pensar:"imagina essse blog quando as campanhas começarem"!!!!!!


Abração Filipe